Visita técnica ao Escape Hotel em São Paulo

Por Professor Clóvis Furlanetto

 

Alunos do curso Superior de Tecnologia em Gestão de Eventos da unidade Sede da Faculdade Sumaré participaram de atividade de competição de Escape Game para vivenciar a ação como ferramenta de prática esportiva. O professor Clóvis Furlanetto foi o incentivador e organizador da visita técnica.

Foi no dia 25 de Abril de 2019 que alunos da unidade Sede da Faculdade Sumaré, orientados pelo professor Clóvis Furlanetto, tiveram a oportunidade de conhecer na prática uma das ferramentas que mais cresce no mundo de eventos. As salas de Escape Games fornecem aos participantes momentos lúdicos em temas diferenciados para a solução de enigmas e uma divertida aventura em grupo.

Quando nos deparamos com um evento esportivo, é provável que as primeiras lembranças sejam de campeonatos de futebol, competições de esportes de contato e uma infinidade de outras modalidades que dependem da destreza e força física. Mas, na atualidade e com o advento da tecnologia que está individualizando cada vez mais o ser humano, um novo conceito de atividade desportiva está tomando forma e conquistando novos adeptos.

Os Escape Games (ou Jogos de Fuga) reúnem grupos em uma sala especialmente desenvolvida para um determinada temática e em 60 minutos testam os conhecimentos e habilidades das pessoas envolvidas para a resolução de charadas e enigmas antes do final do tempo regular.

Campeonatos são incentivados entre os jogadores e em diversas empresas de Escape Room, pode-se ter um ranking das equipes que saíram com menos tempo ou competições simultâneas em salas chamadas de “espelho”, ou seja, duas equipes jogam em ambientes idênticos ao mesmo tempo, para ver quem terá êxito em passar por todas as etapas em um tempo melhor que o  do grupo rival.

 

Foi neste tipo de competição que os alunos do curso Superior de Tecnologia em Gestão de Eventos enfrentaram o desafio da sala “Cena do Crime” da empresa Escape Hotel (www.escapehotel.com.br) localizada na Rua Pedroso de Morais nº 832 em Pinheiros – São Paulo/SP, uma das primeiras neste tipo de atividade no país.

São duas salas “espelho” com a mesma temática e os alunos foram divididos em duas equipes para desvendar um assassinato que ocorreu no local, mas que a polícia não conseguiu identificar o autor. Ao fechar as portas da sala o cronômetro começa a contagem de 60 minutos.

Cada equipe, utilizando as pistas fornecidas pelos monitores, passava por etapas mais complicadas que culminaram na vitória de um dos grupos com a saída faltando cerca de 6 minutos para o final do tempo máximo. A segunda equipe saiu também, mas com um tempo restante de 3 minutos. Com uma diferença apertada, os competidores puderam experimentar a emoção do jogo e a adrenalina de saberem quem foi a melhor equipe.

Equipe 1

Equipe 2

 

Além do jogo, o Escape Hotel possibilitou uma visita guiada pelas dependências da empresa, durante a qual os alunos puderam aprender mais sobre o conceito de jogos de escapada e como são as dinâmicas das outras salas oferecidas no estabelecimento.

 

Fomos magistralmente guiados pela monitora Marcela, que, com grande habilidade e desenvoltura, nos apresentou aos intrincados detalhes do Escape Room. Não podemos deixar de fora o atendimento dos monitores presentes no dia que foram maravilhosos.

Alguns alunos também puderam contribuir com a campanha social promovida pelo site A Toupeira (www.atoupeira.com.br) para ajudar pessoas em situação de rua e seus companheiros animais. A doação será revertida em ração para cães e gatos e doada aos protetores já cadastrados no projeto.